sexta-feira, 10 de maio de 2013

Dia 17 - Socorro...Desandou!!!

Acho que o título já diz tudo, certo?
Tudo desandou dramaticamente esta semana. Tivemos várias quebras de dieta pequenas ao longo da semana, como vocês já puderam perceber nos posts anteriores. E, para fechar com chave de ouro, finalizamos nossos dias úteis com praticamente um dia livre.

Apesar disso, nós ainda temos tempo de se reorganizar, pois nossa semana só fecha na terça-feira. No entanto, DOMINGO É DIA DAS MÃES!!! Eba...Só que não...
Seremos quase obrigadas a fazer um dia livre, pelo menos no almoço. Afinal, não creio ser possível manter uma dieta em um dia como esse, em que a tradição soberana é a COMIDA. E não qualquer uma: são massas, queijos, gorduras, arroz incrementado e por aí vai.

A verdade é que estamos passando por uns apertos por aqui, o que está alterando bastante nossos nervos e humores. O resultado disso é que descontamos na comida, é claro. Nessa hora, dá vontade de comer até o corriqueiro.

Mesmo assim, a solução é erguer a cabeça e não se deixar desanimar (mesmo se percebermos uma mudança de peso negativa).

O plano é: amanhã voltamos à rotina normal da dieta em TODAS as refeições. Domingo (Dia das Mães), faremos café da manhã e jantar dentro da dieta e somente no almoço iremos soltar a franga.

Como a Nathalia falou no post anterior, ontem foi nosso primeiro dia fazendo os exercícios propostos pelo programa (com a lindíssima da Ivete Sangalo como personal trainer)...risos...
E como a Nat também disse, nós sofremos bastante.
Mas o sofrimento maior foi hoje, definitivamente. Deu pra perceber o quanto somos sedentárias bundonas. hahahaha
DÓI TUDO: perna, braço, costas, coxas...
Dói pra sentar, pra levantar, pra andar, pra deitar....até pra pensar dói, às vezes...

Acabamos de tomar um dorflex antes de cair na cama. Nosso planejamento era repetir os exercícios amanhã, mas não sei se teremos condições físicas para isso. Então, caso ainda estejamos em cacos, iremos deixá-los para segunda-feira (já que a indicação do programa é fazê-los duas vezes por semana) e na quarta-feira já daremos início às séries da próxima semana. Nossa meta é, em certo ponto, pararmos de sentir tanta dor e, além disso, repetirmos os exercícios mais do que duas vezes por semana.

Lições de hoje:
- Cabeça erguida sempre! Força na peruca!
- Exercícios que parecem ser simples demais nos fazem sofrer
- Ainda falta um pouco de força de vontade para resistir às tentações, principalmente nos momentos de crise.
Postar um comentário