sexta-feira, 26 de abril de 2013

Dia 3 - A liberdade que nos aguarda...

Só pode ser a tal "Lei de Murphy".
Por que, diabos, eu fui começar uma dieta em uma semana TÃO maluca?

O estresse, obviamente, torna as coisas muito mais difíceis e hoje foi um dia especialmente complicado. Acordei empregada e voltei pra casa disponível para o mercado de trabalho...

E, como se não bastasse, a complicação começou uns 10 minutos antes do almoço.
Eu almocei bem nervosa por algo que tinha acabado de acontecer e, por isso, quase não consegui comer. Para mim, já é muito difícil comer folhas e legumes, quando estou nervosa então....basicamente tive que empurrar a comida goela abaixo.

Bom, agora que as coisas estão mais acertadas e, espero, entrando nos eixos, acredito que as coisas vão melhorar.

Tivemos umas escapulidas da dieta hoje e chegamos à conclusão de que isso não é nem um pouco inteligente de se fazer. Parece que ao colocar na boca algo que você não deveria estar comendo, você libera uma espécie de monstro de dentro de você que fica querendo, loucamente, comer tudo aquilo que não pode, até mesmo o que você, normalmente, não quereria comer. Ou seja, meu conselho: NÃO PULEM A CERCA DA DIETA!!!!

Mesmo sabendo que o desvio foi pequeno, fiquei um pouco triste. Acho que por saber que:
AMANHÃ É DIA LIVRE!!!!!!!!

Ou seja, adiantamos algumas horas algo que poderíamos ter esperado mais. Adiantamos, liberamos o monstro, sendo que poderíamos ter comido sem peso na consciência amanhã. Tudo bem agora, já passou, mas fica de lição para as próximas.

OBS: Eu não emagreci tanto quanto a Nathalia, foram apenas quase 2 quilos. Mas tudo bem, considerando que eu sou mais gordinha, sedentária e, pra completar, fumante, já era de se imaginar que meu metabolismo fosse mesmo mais preguiçoso. Mesmo assim, fiquei orgulhosa e surpresa!

Postar um comentário